Leilão do Bem terá segunda fase para arremate de mais peças doadas A ação busca arrecadar recursos para ajudar lares de idosos durante a pandemia da Covid-19

O Leilão do Bem, realizado virtualmente no último sábado (09), vai contar com uma segunda fase que acontecerá na próxima quinta-feira (14). É mais uma oportunidade de comprar peças de artes no Leilão do Bem e com o seu lance ajudar a cuidar dos idosos dos abrigos de Teresina. Quem deseja participar deve entrar no site www.vipdireto.com.br e adquirir as peças de repasse. Nesta fase, além de dar o lance, os interessados terão a opção direta de compra.

O Leilão é uma iniciativa da Rede Pense Piauí em parceira com a Catedral de Nossa Senhora das Dores. A primeira fase do Leilão foi um sucesso e contou com a participação de pessoas de todo o Brasil. Na primeira fase foram arrecadados R$ 20.650,00 que serão destinados integralmente para melhorar a qualidade de vida dos idosos que são grupo de risco do coronavírus e que estão nos abrigos cuidados pela Catedral de Teresina. A expectativa é que com a segunda fase seja possível arrecadar mais R$ 25 mil.

As peças do repasse são dos artistas Stenio, Evaldo Oliveira, Hostyano Machado, Jefferson Soares, Paulo Barros, Osmir Pierot, Mestre Expedito, Valdecir Ribeiro, João Helyo, Jota A, João Batista, Mestre Edilbeto, Fátima Campos e Fabiano Campos, além de um chapéu do cantor Frank Aguiar. “Todas as peças são de excelente qualidade e doravante terão valor intangível e atemporal, pois cada vez que o olhar dirigir a elas, além da sua beleza estética terão o valor sentimental pelo momento e pelas mudanças que podem fazer no dia a dia dos nossos irmãos”, comentou o coordenador da Rede Pense Piauí, o médico Benjamim Pessoa Vale.

O coordenador também aproveitou a oportunidade para agradecer a todos os envolvidos no leilão: artistas, escultores, fotógrafos, chargistas, doadores que desapegaram de suas obras pessoais, os compradores, a imprensa e equipe envolvida. “Esta é uma ação das grandes almas. Esperamos que até a quarta-feira as obras do repasse sejam arrematadas para que possamos fazer a entrega dos valores à Catedral. Esses recursos serão bem utilizados nessa causa nobre que é ajudar os nossos próximos que, neste momento, estão distantes e dar mais qualidade de vida para estas pessoas que, em muitos casos, foram abandonadas por familiares e também pela sociedade. Nosso objetivo é ajudar esses idosos que nesse momento de pandemia ainda são grupo de risco do novo coronavírus”, disse o médico Benjamim.